Warning: ob_start(): non-static method wpGoogleAnalytics::get_links() should not be called statically in /vhosts/institutosaofernando.org.br/www/adm/wp-content/plugins/wp-google-analytics/wp-google-analytics.php on line 259
Comunidade rural de Vassouras ganha creche - Instituto São Fernando

Instituto São Fernando

Notícias

29.04.2008.Educação, Institucional

Comunidade rural de Vassouras ganha creche

A inauguração da Creche Mariana Crioula, em 28 de abril de 2008, marcou uma nova etapa na vida de dezenas de moradores do distrito de Massambará, em Vassouras. Construída e equipada pelo Instituto São Fernando, a creche é a primeira do município a atender à comunidade rural da região. A turma inicial tem 30 crianças com idades entre 6 meses a 5 anos, cujas mães podem agora trabalhar na agricultura e ajudar na renda familiar.

Durante a inauguração, o presidente do ISF, Ronaldo Cezar Coelho, declarou: “A creche faz parte do sonho da escola de Massambará. É um pequeno exemplo. Uma semente. Porque ninguém é tão pobre que não possa dar. Se comerciantes, empresários, industriais e fazendeiros se juntarem, poderão fazer mais pela educação em suas cidades”.

Já o prefeito Eurico Júnior lembrou que as crianças poderão ingressar no complexo educacional de Massambará na maternidade e sair no nono ano. A secretária municipal de educação, Rosane de Barros Alves, salientou, por sua vez, que as mães poderão trabalhar na lavoura enquanto seus filhos permanecem “num lugar seguro, e com uma educação de qualidade”. As obras duraram dois anos.

Construída em estilo colonial, a creche oferece berçário, refeitório e salas de atividades. Seu nome é uma homenagem a uma heroína negra da região. Mariana Crioula foi companheira de Manoel Congo, que comandou uma revolta de escravos em meados do século XIX e liderou um quilombo na região. A moradora Cristina de Fátima Rodrigues Rebelo comentou: “A gente estava na expectativa desde a construção. Sempre que eu passava pela frente já sonhava em ver meu filho aqui, porque é uma oportunidade para as mães poderem trabalhar e também ajudarem na renda familiar.”


Escreva um comentário

Seu e-mail nunca será compartilhado. Preencha os campos requisitados *